A Prefeitura Municipal de São Lourenço respondeu através de nota a publicação feita pela APAE de São Lourenço, que na última quarta-feira (24/10) sinalizou que por falta de repasses pode vir a fechar o Centro Dia de Atendimento a Pessoa com Deficiência. De acordo acordo com a administração municipal, existem ressalvas na prestação de contas apresentadas pela APAE. Veja a baixo a nota publicada pela PMSL:

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura de São Lourenço esclarece à população que sempre apoiou e continua apoiando a APAE em todas as ocasiões possíveis. Há dois anos que a organização e lucratividade da tradicional Festa de Agosto da cidade é repassada a esta instituição; São cedidos funcionários da prefeitura para trabalhar no local, e ainda, sempre que possível é concedido apoio da esfera estadual, como a doação de um carro recentemente.

Continua depois da Publicidade


Dessa forma, a prefeitura jamais negaria o pagamento à APAE, sabendo da importância que esta instituição tem para nossa cidade, e o quanto ela representa para aqueles que necessitam de apoio especial. O que aconteceu nos últimos meses, de acordo com a Secretaria de Planejamento, foi o não cumprimento das regras de prestação de contas por parte da APAE, que devem ser feitas de acordo com a lei do Marco Regulatório para que seja realizado.

Em 19 de Outubro, como demonstra o ofício de número 116/2018, assinado pelo Presidente da APAE SL, Eduardo Gonçalves, a APAE se compromete em realizar a prestação de contas conforme orientação da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Em 23 de outubro, a Comissão de Monitoramento e Avaliação aprovou a prestação de contas enviada pela APAE, porém ainda com ressalvas. Mesmo assim, a Comissão solicitou a liberação do pagamento de novas parcelas. A Prefeitura ressalta ainda que está de portas abertas para qualquer esclarecimento.



Com informações da PMSL

PREFEITURA DE SÃO LOURENÇO EMITE NOTA SOBRE QUESTIONAMENTOS DA APAE SOBRE REPASSES ATRASADOS


A Prefeitura Municipal de São Lourenço respondeu através de nota a publicação feita pela APAE de São Lourenço, que na última quarta-feira (24/10) sinalizou que por falta de repasses pode vir a fechar o Centro Dia de Atendimento a Pessoa com Deficiência. De acordo acordo com a administração municipal, existem ressalvas na prestação de contas apresentadas pela APAE. Veja a baixo a nota publicada pela PMSL:

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura de São Lourenço esclarece à população que sempre apoiou e continua apoiando a APAE em todas as ocasiões possíveis. Há dois anos que a organização e lucratividade da tradicional Festa de Agosto da cidade é repassada a esta instituição; São cedidos funcionários da prefeitura para trabalhar no local, e ainda, sempre que possível é concedido apoio da esfera estadual, como a doação de um carro recentemente.

Continua depois da Publicidade


Dessa forma, a prefeitura jamais negaria o pagamento à APAE, sabendo da importância que esta instituição tem para nossa cidade, e o quanto ela representa para aqueles que necessitam de apoio especial. O que aconteceu nos últimos meses, de acordo com a Secretaria de Planejamento, foi o não cumprimento das regras de prestação de contas por parte da APAE, que devem ser feitas de acordo com a lei do Marco Regulatório para que seja realizado.

Em 19 de Outubro, como demonstra o ofício de número 116/2018, assinado pelo Presidente da APAE SL, Eduardo Gonçalves, a APAE se compromete em realizar a prestação de contas conforme orientação da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Em 23 de outubro, a Comissão de Monitoramento e Avaliação aprovou a prestação de contas enviada pela APAE, porém ainda com ressalvas. Mesmo assim, a Comissão solicitou a liberação do pagamento de novas parcelas. A Prefeitura ressalta ainda que está de portas abertas para qualquer esclarecimento.



Com informações da PMSL