VEREADORES DE SÃO LOURENÇO ESTUDAM TRANSFERIR POLICLÍNICA PARA PRÉDIO DA UPA - O Popular.net

Inaugurado há mais de um ano, o prédio onde funcionaria a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Lourenço continua vazio. De acordo com a Prefeitura, o motivo é que o município ainda não recebeu a verba para a compra dos equipamentos. 

Na busca de uma solução para o impasse, os vereadores da cidade fizeram uma visita ao local nesta quarta-feira. Estiveram presentes Orlando da Silva Gomes (PRB), Isac Ribeiro (PRP), Renato Motta de Carvalho (PT do B), Waldinei Alves Ferreira (PV), Rodrigo Martins de Carvalho (PSB), Ricardo Luiz Nogueira (PMDB) e Evaldo José Ambrósio (PROS). Para que o prédio seja utilizado o mais rápido possível, os vereadores agora avaliam transferir para o local a Policlínica de São Lourenço, que, segundo eles, já necessita de uma reforma. 

Comissão vistoriou prédio da UPA nesta quarta feira / Fotos: ASCOM/CMSL

“Nós não podemos ficar dependendo do Ministério da Saúde e do Governo de Minas, precisamos aproveitar urgente essas ótimas instalações. Também podemos trazer a Secretaria de Saúde e integrar todo o serviço, melhorando o atendimento para a população”, afirmou Orlando, que deve apresentar o projeto na Câmara Municipal nas próximas semanas. 

A visita foi acompanhada pelo secretário de Saúde de São Lourenço, Cid Pinheiro de Oliveira: “Até hoje estamos aguardando a liberação de verbas do Governo Federal para terminar alguns detalhes de acabamento e, principalmente, comprar os equipamentos. Estamos correndo atrás e fazendo o possível, mas ainda não há uma previsão para recebermos o dinheiro”, explicou. 

O diretor Administrativo da pasta, Alan Fabrício Carneiro de Souza, também esteve com os vereadores. A Câmara e a Prefeitura vão continuar a dialogar sobre o assunto. Com um investimento de mais de R$ 5,3 milhões, as obras começaram há cerca de oito anos, por meio de um convênio entre a Prefeitura, o Governo Federal e o Estado de Minas Gerais.

Com informações da ASCOM/CMSL

VEREADORES DE SÃO LOURENÇO ESTUDAM TRANSFERIR POLICLÍNICA PARA PRÉDIO DA UPA


Inaugurado há mais de um ano, o prédio onde funcionaria a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Lourenço continua vazio. De acordo com a Prefeitura, o motivo é que o município ainda não recebeu a verba para a compra dos equipamentos. 

Na busca de uma solução para o impasse, os vereadores da cidade fizeram uma visita ao local nesta quarta-feira. Estiveram presentes Orlando da Silva Gomes (PRB), Isac Ribeiro (PRP), Renato Motta de Carvalho (PT do B), Waldinei Alves Ferreira (PV), Rodrigo Martins de Carvalho (PSB), Ricardo Luiz Nogueira (PMDB) e Evaldo José Ambrósio (PROS). Para que o prédio seja utilizado o mais rápido possível, os vereadores agora avaliam transferir para o local a Policlínica de São Lourenço, que, segundo eles, já necessita de uma reforma. 

Comissão vistoriou prédio da UPA nesta quarta feira / Fotos: ASCOM/CMSL

“Nós não podemos ficar dependendo do Ministério da Saúde e do Governo de Minas, precisamos aproveitar urgente essas ótimas instalações. Também podemos trazer a Secretaria de Saúde e integrar todo o serviço, melhorando o atendimento para a população”, afirmou Orlando, que deve apresentar o projeto na Câmara Municipal nas próximas semanas. 

A visita foi acompanhada pelo secretário de Saúde de São Lourenço, Cid Pinheiro de Oliveira: “Até hoje estamos aguardando a liberação de verbas do Governo Federal para terminar alguns detalhes de acabamento e, principalmente, comprar os equipamentos. Estamos correndo atrás e fazendo o possível, mas ainda não há uma previsão para recebermos o dinheiro”, explicou. 

O diretor Administrativo da pasta, Alan Fabrício Carneiro de Souza, também esteve com os vereadores. A Câmara e a Prefeitura vão continuar a dialogar sobre o assunto. Com um investimento de mais de R$ 5,3 milhões, as obras começaram há cerca de oito anos, por meio de um convênio entre a Prefeitura, o Governo Federal e o Estado de Minas Gerais.

Com informações da ASCOM/CMSL