ESCOLA CEL. MANOEL DIAS FERRAZ PARTICIPA DE AÇÃO DO 'PROJETO DENGUE' EM SÃO LOURENÇO - O Popular.net

As escolas municipais continuam trabalhando no 'Projeto Dengue'. Dessa vez, os trabalhos aconteceram na Escola Cel. Manoel Dias Ferraz. Os agentes de saúde da UBS do Barreiro trouxeram para a escola, de forma lúdica e criativa várias informações referentes à prevenção e proliferação dos focos do mosquito da Aedes Aegypti.

Após a apresentação, todos os professores prepararam atividades de acordo com o nível de sua turma, finalizando com um folheto explicativo sobre a Dengue, para que a informação se estendesse para além das salas de aula e da escola.


As turminhas do maternal saíram no entorno da escola localizando possíveis focos do mosquito, com plaquinhas informativas para a comunidade.Os alunos do infantil fizeram atividades de artes, paródias, plaquinhas divulgando informações. Já os alunos do 1° ano fizeram jogos e trilhas armando contra o mosquito. As crianças do 2º ano da professora Mariele e 2ºano B da professora Luciana construíram o "jogo da trilha".



Após assistirem o teatro de fantoches apresentado pela equipe do Posto de Saúde foi possível a construção do jogo com as crianças. As turmas do 3º ano A e B confeccionaram cartazes informativos e espalharam pelo comércio do bairro Estação. As turmas dos 4º ano realizaram uma entrevista com a responsável pela vigilância epidemiológica de São Lourenço sobre o aumento dos focos de Dengue neste ano de  2017, e em seguida confeccionaram gráficos com as informações. As turmas dos 5º ano estão trabalhando nas aulas de produção de texto e confeccionaram um folheto explicativo, com o objetivo de alertar a comunidade.

O Projeto Dengue está acontecendo, desde o início de abril, em todas as escolas da rede municipal. A ideia é envolver as crianças e a comunidade em uma grande campanha de combate ao mosquito. Além da tarefa de conscientização e aprendizado, a escola que tiver maior destaque e engajamento nas tarefas irá ganhar um computador da Secretaria de Educação. 

Com informações da ASCOM/PMSL

ESCOLA CEL. MANOEL DIAS FERRAZ PARTICIPA DE AÇÃO DO 'PROJETO DENGUE' EM SÃO LOURENÇO


As escolas municipais continuam trabalhando no 'Projeto Dengue'. Dessa vez, os trabalhos aconteceram na Escola Cel. Manoel Dias Ferraz. Os agentes de saúde da UBS do Barreiro trouxeram para a escola, de forma lúdica e criativa várias informações referentes à prevenção e proliferação dos focos do mosquito da Aedes Aegypti.

Após a apresentação, todos os professores prepararam atividades de acordo com o nível de sua turma, finalizando com um folheto explicativo sobre a Dengue, para que a informação se estendesse para além das salas de aula e da escola.


As turminhas do maternal saíram no entorno da escola localizando possíveis focos do mosquito, com plaquinhas informativas para a comunidade.Os alunos do infantil fizeram atividades de artes, paródias, plaquinhas divulgando informações. Já os alunos do 1° ano fizeram jogos e trilhas armando contra o mosquito. As crianças do 2º ano da professora Mariele e 2ºano B da professora Luciana construíram o "jogo da trilha".



Após assistirem o teatro de fantoches apresentado pela equipe do Posto de Saúde foi possível a construção do jogo com as crianças. As turmas do 3º ano A e B confeccionaram cartazes informativos e espalharam pelo comércio do bairro Estação. As turmas dos 4º ano realizaram uma entrevista com a responsável pela vigilância epidemiológica de São Lourenço sobre o aumento dos focos de Dengue neste ano de  2017, e em seguida confeccionaram gráficos com as informações. As turmas dos 5º ano estão trabalhando nas aulas de produção de texto e confeccionaram um folheto explicativo, com o objetivo de alertar a comunidade.

O Projeto Dengue está acontecendo, desde o início de abril, em todas as escolas da rede municipal. A ideia é envolver as crianças e a comunidade em uma grande campanha de combate ao mosquito. Além da tarefa de conscientização e aprendizado, a escola que tiver maior destaque e engajamento nas tarefas irá ganhar um computador da Secretaria de Educação. 

Com informações da ASCOM/PMSL