EQUIPE DE SOM DO FORRÓ DA PRAÇA É AGREDIDA APÓS EVENTO - O Popular.net

Nem mesmo o "Forró da Praça", conhecido pela grande frequência de pessoas que costumam passar as noites dos finais de semana dançando, ficou livre das cenas de violência, que estão passando a ser costumeiras na cidade de São Lourenço-MG.

Dito isto por conta do fato ocorrido na noite do último domingo (10/05), quando de acordo com informações da Polícia Militar, a equipe responsável pela sonorização do ambiente, que fica no coração da cidade e em frente a entrada do Parque das Águas, foi agredida por dois homens, munidos de um pedaço de madeira arrancado de um dos bancos da Praça João Lage e de uma barra de ferro. Ainda de acordo com a PM, a vítima de 41 anos, juntamente com sua esposa de 39 anos, seu filho de 20 anos, um aposentado de 84 anos, e um segurança de 41 anos, estavam guardando os equipamentos de som, quando foram surpreendido pelos agressores. 

De posse das informações, foi iniciado rastreamento em busca dos autores, que acabaram sendo encontrados pela PM e submetidos a busca pessoal, onde nada de ilícito foi encontrado. Todos os envolvidos foram encaminhados ao pronto atendimento do Hospital São Lourenço e posteriormente conduzidos a Delegacia de Polícia.

Da Redação do Popular.net


Publicidade


EQUIPE DE SOM DO FORRÓ DA PRAÇA É AGREDIDA APÓS EVENTO


Nem mesmo o "Forró da Praça", conhecido pela grande frequência de pessoas que costumam passar as noites dos finais de semana dançando, ficou livre das cenas de violência, que estão passando a ser costumeiras na cidade de São Lourenço-MG.

Dito isto por conta do fato ocorrido na noite do último domingo (10/05), quando de acordo com informações da Polícia Militar, a equipe responsável pela sonorização do ambiente, que fica no coração da cidade e em frente a entrada do Parque das Águas, foi agredida por dois homens, munidos de um pedaço de madeira arrancado de um dos bancos da Praça João Lage e de uma barra de ferro. Ainda de acordo com a PM, a vítima de 41 anos, juntamente com sua esposa de 39 anos, seu filho de 20 anos, um aposentado de 84 anos, e um segurança de 41 anos, estavam guardando os equipamentos de som, quando foram surpreendido pelos agressores. 

De posse das informações, foi iniciado rastreamento em busca dos autores, que acabaram sendo encontrados pela PM e submetidos a busca pessoal, onde nada de ilícito foi encontrado. Todos os envolvidos foram encaminhados ao pronto atendimento do Hospital São Lourenço e posteriormente conduzidos a Delegacia de Polícia.

Da Redação do Popular.net


Publicidade