MORADOR ENCONTRA MICO MORTO AS MARGENS DA BR-460 PRÓXIMO A SÃO LOURENÇO - O Popular.net

Um morador da cidade de São Lourenço-MG, publicou uma foto nas redes sociais afirmando ter encontrado um mico morto as margens da rodovia BR-460, próximo dos limite dos municípios de são Lourenço e Carmo de Minas, na altura do bairro Nhá Chica, na tarde deste sábado (25/02), deixando muita gente assustada por conta do avanço da febre amarela no estado de Minas Gerais e que tem se espalhado por algumas cidades do sul de Minas.

Na postagem, o autor afirmou ter entrado em contato coma Polícia, onde foi informado que deveria procurar o setor de vigilância sanitária ou epidemiológica para registrar o caso, porém o autor disse que não conseguiu estabelecer contato com nenhum dos órgãos.

A reportagem do Popular.net tentou contato com o autor da postagem cerca de uma após a sua publicação no Facebook, para levantar maiores informações e confirmar a autenticidade da foto,  porém não obtivemos resposta. Vale ressaltar que o a espécie de macaco, foi encontrada morta no perímetro do bairro Nhá Chica, que pertence ao município de Carmo de Minas. A reportagem do Popular.net estabeleceu contato telefônico com a gerente de vigilância epidemiológica de Carmo de Minas, Isabel Aparecida Pereira de Souza, quando fomos informados que os mesmos ainda não tinham conhecimento do caso, mas se prontificaram a comparecer ainda esta noite no local para tentar localizar o corpo do pequeno macaco.

Caso seria o segundo em menos de 24 horas

O mico encontrado neste sábado no bairro Nhá Chica, se confirmado, seria o segundo caso de morte destes animais no município de Carmo de Minas, já que a vigilância epidemiológica confirmou o encontro de uma macaco morto, nas imediações do bairro Canaã, situado na zona rural. Neste caso, os agentes epidemiológicos, juntos com a vigilância sanitária do município, encontraram o macaco já sem vida, porém com marcas de mordidas que lembram as de um cão. Mesmo assim, o animal foi congelado e enviado para analise na cidade de varginha-Mg, onde teve as vísceras retiradas e enviadas para uma análise na capital Belo Horizonte e todos os moradores da localidade onde o animal foi encontrado estão sendo vacinados. Ainda segundo a Isabel, o resultado destas análises devem ficar prontos em 20 dias.

Em tempo, Isabel ressaltou que nem todos os macacos que aparecem mortos são vítimas de febre amarela, "As pessoas andam matando os macacos com medo da febre, o que é um erro, visto que ele não transmite a doença e sim faz uma espécie de alerta aos humanos, avisando sobre algum problema no local de seu habitat, se um macaco morre por uma doença, podemos estuda-lo e saber o que realmente aconteceu, além disso, macacos também morrem de velhice" finalizou. 

Da Redação do Popular.net

Publicidade





MORADOR ENCONTRA MICO MORTO AS MARGENS DA BR-460 PRÓXIMO A SÃO LOURENÇO


Um morador da cidade de São Lourenço-MG, publicou uma foto nas redes sociais afirmando ter encontrado um mico morto as margens da rodovia BR-460, próximo dos limite dos municípios de são Lourenço e Carmo de Minas, na altura do bairro Nhá Chica, na tarde deste sábado (25/02), deixando muita gente assustada por conta do avanço da febre amarela no estado de Minas Gerais e que tem se espalhado por algumas cidades do sul de Minas.

Na postagem, o autor afirmou ter entrado em contato coma Polícia, onde foi informado que deveria procurar o setor de vigilância sanitária ou epidemiológica para registrar o caso, porém o autor disse que não conseguiu estabelecer contato com nenhum dos órgãos.

A reportagem do Popular.net tentou contato com o autor da postagem cerca de uma após a sua publicação no Facebook, para levantar maiores informações e confirmar a autenticidade da foto,  porém não obtivemos resposta. Vale ressaltar que o a espécie de macaco, foi encontrada morta no perímetro do bairro Nhá Chica, que pertence ao município de Carmo de Minas. A reportagem do Popular.net estabeleceu contato telefônico com a gerente de vigilância epidemiológica de Carmo de Minas, Isabel Aparecida Pereira de Souza, quando fomos informados que os mesmos ainda não tinham conhecimento do caso, mas se prontificaram a comparecer ainda esta noite no local para tentar localizar o corpo do pequeno macaco.

Caso seria o segundo em menos de 24 horas

O mico encontrado neste sábado no bairro Nhá Chica, se confirmado, seria o segundo caso de morte destes animais no município de Carmo de Minas, já que a vigilância epidemiológica confirmou o encontro de uma macaco morto, nas imediações do bairro Canaã, situado na zona rural. Neste caso, os agentes epidemiológicos, juntos com a vigilância sanitária do município, encontraram o macaco já sem vida, porém com marcas de mordidas que lembram as de um cão. Mesmo assim, o animal foi congelado e enviado para analise na cidade de varginha-Mg, onde teve as vísceras retiradas e enviadas para uma análise na capital Belo Horizonte e todos os moradores da localidade onde o animal foi encontrado estão sendo vacinados. Ainda segundo a Isabel, o resultado destas análises devem ficar prontos em 20 dias.

Em tempo, Isabel ressaltou que nem todos os macacos que aparecem mortos são vítimas de febre amarela, "As pessoas andam matando os macacos com medo da febre, o que é um erro, visto que ele não transmite a doença e sim faz uma espécie de alerta aos humanos, avisando sobre algum problema no local de seu habitat, se um macaco morre por uma doença, podemos estuda-lo e saber o que realmente aconteceu, além disso, macacos também morrem de velhice" finalizou. 

Da Redação do Popular.net

Publicidade