GATUNOS DÃO PREJUÍZO APÓS ARROMBAREM LATICÍNIO EM S.S. DO RIO VERDE - O Popular.net

Em São Sebastião do Rio Verde, um laticínio foi alvo de gatunos, que arrombaram que arrombaram a câmara fria do estabelecimento e fizeram uma verdadeira limpa, levando consigo, uma grande quantidade de produtos, como queijos e manteiga.

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi procurada por um cidadão de 29 anos, auxiliar de serviços gerais. Ele contou aos policiais que ao chegar para trabalhar no laticínio de sua família, situado na Rua Maurício de Biasi, Centro, observou que a porta da câmara fria estava arrombada e ao fazer a conferência dos produtos, constatou que foram levadas 100 peças de queijo mussarela, 04 peças de queijo parmesão e 70 tabletes de manteiga. 

O homem contou também aos militares, que acredita que o fato tenha ocorrido durante a noite e mencionou que as câmeras de monitoramento filmaram a ação de duas pessoas, porém, devido a baixa qualidade das imagens não foi possível identificar os autores. 

A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe. O solicitante foi orientado quanto as demais medidas cabíveis.

Da Redação do Popular.net

Publicidade


GATUNOS DÃO PREJUÍZO APÓS ARROMBAREM LATICÍNIO EM S.S. DO RIO VERDE


Em São Sebastião do Rio Verde, um laticínio foi alvo de gatunos, que arrombaram que arrombaram a câmara fria do estabelecimento e fizeram uma verdadeira limpa, levando consigo, uma grande quantidade de produtos, como queijos e manteiga.

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi procurada por um cidadão de 29 anos, auxiliar de serviços gerais. Ele contou aos policiais que ao chegar para trabalhar no laticínio de sua família, situado na Rua Maurício de Biasi, Centro, observou que a porta da câmara fria estava arrombada e ao fazer a conferência dos produtos, constatou que foram levadas 100 peças de queijo mussarela, 04 peças de queijo parmesão e 70 tabletes de manteiga. 

O homem contou também aos militares, que acredita que o fato tenha ocorrido durante a noite e mencionou que as câmeras de monitoramento filmaram a ação de duas pessoas, porém, devido a baixa qualidade das imagens não foi possível identificar os autores. 

A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe. O solicitante foi orientado quanto as demais medidas cabíveis.

Da Redação do Popular.net

Publicidade