PROMOTER AFIRMA TER SOFRIDO ATAQUE HOMOFÓBICO NA VÉSPERA DE NATAL EM SÃO LOURENÇO - O Popular.net

Um promoter e agenciador de modelos, afirma ter sido vítima de um ataque homofóbico no último final de semana, após sair de um bar na noite de São Lourenço.

Segundo Edson de Oliveira, 45 anos, que é personalidade muito conhecida no mundo dos desfiles e ensaios fotográficos em São Lourenço, tudo teria acontecido na noite de sábado, véspera de natal, quando ele saia de um bar e seguia para sua residência, "De repente senti uma pancada na cabeça, depois não me lembro de mais nada, acordei sentindo muitas dores e quando me olhei no espelho estava todo machucado", contou a reportagem do Popular.net.

Promoter diz ter sido vítima de homofóbia em São Lourenço / Fotos: Edson Oliveira

Edson também disse que havia consumido bebida alcoólica e não sabe informar na companhia de quem se encontrava, mas acredita que as agressões foram geradas por intolerância a homossexualidade já que se lembra vagamente dos agressores desferindo palavras homofóbicas. Edson também nos contou que em alguns casos, já sofreu ofensas relacionadas a sexualidade, porém nunca ninguém o teria agredido.

Assista o video (Desligue a Rádio Cidade no topo da tela!)



Em tempo, Edson Oliveira disse a reportagem que deve prestar queixa na Polícia ainda nesta segunda feira e que se encontra muito assustado. "Desde sábado não saio de casa, estou com muito medo e todo machucado, mas hoje prestarei queixa na polícia", afirmou. 

"Gostaria de deixar um alerta para todas as pessoas de São Lourenço, quando a intolerância. Não acredito quem quase em 2017 ainda tenham pessoas que se incomodam com a escolha dos outros e com o jeito de ser de cada um, apanhei por causa da minha aparência, como se fosse um sacos de pancadas, logo eu que não represento risco a ninguém e ajudo diversas pessoas na cidade. É muito triste saber que ainda existem pessoas assim no mundo" finalizou.

Nitidamente assustado, abalado e temendo novas agressões, o promoter não quis relatar a localização do bar em que saia no momento das agressões.

Promoter foi visto nas ruas

Algumas pessoas chegaram a avistar o promoter cambaleando na esquina das ruas Ribeiro da Luz e rua dos Andradas na tentativa de chegar até a sua residência. Estes populares afirmam que Edson aparentava estava estar muito embriagado e debilitado, segundo os populares, o promoter chegou a cair por diversas vezes no chão, aparentando estar muito fraco. Eles teriam oferecido ajuda e iriam chamar o Samu, porem ele se recusou e seguiu cambaleando.  

Da Redação do Popular.net

Publicidade

PROMOTER AFIRMA TER SOFRIDO ATAQUE HOMOFÓBICO NA VÉSPERA DE NATAL EM SÃO LOURENÇO


Um promoter e agenciador de modelos, afirma ter sido vítima de um ataque homofóbico no último final de semana, após sair de um bar na noite de São Lourenço.

Segundo Edson de Oliveira, 45 anos, que é personalidade muito conhecida no mundo dos desfiles e ensaios fotográficos em São Lourenço, tudo teria acontecido na noite de sábado, véspera de natal, quando ele saia de um bar e seguia para sua residência, "De repente senti uma pancada na cabeça, depois não me lembro de mais nada, acordei sentindo muitas dores e quando me olhei no espelho estava todo machucado", contou a reportagem do Popular.net.

Promoter diz ter sido vítima de homofóbia em São Lourenço / Fotos: Edson Oliveira

Edson também disse que havia consumido bebida alcoólica e não sabe informar na companhia de quem se encontrava, mas acredita que as agressões foram geradas por intolerância a homossexualidade já que se lembra vagamente dos agressores desferindo palavras homofóbicas. Edson também nos contou que em alguns casos, já sofreu ofensas relacionadas a sexualidade, porém nunca ninguém o teria agredido.

Assista o video (Desligue a Rádio Cidade no topo da tela!)



Em tempo, Edson Oliveira disse a reportagem que deve prestar queixa na Polícia ainda nesta segunda feira e que se encontra muito assustado. "Desde sábado não saio de casa, estou com muito medo e todo machucado, mas hoje prestarei queixa na polícia", afirmou. 

"Gostaria de deixar um alerta para todas as pessoas de São Lourenço, quando a intolerância. Não acredito quem quase em 2017 ainda tenham pessoas que se incomodam com a escolha dos outros e com o jeito de ser de cada um, apanhei por causa da minha aparência, como se fosse um sacos de pancadas, logo eu que não represento risco a ninguém e ajudo diversas pessoas na cidade. É muito triste saber que ainda existem pessoas assim no mundo" finalizou.

Nitidamente assustado, abalado e temendo novas agressões, o promoter não quis relatar a localização do bar em que saia no momento das agressões.

Promoter foi visto nas ruas

Algumas pessoas chegaram a avistar o promoter cambaleando na esquina das ruas Ribeiro da Luz e rua dos Andradas na tentativa de chegar até a sua residência. Estes populares afirmam que Edson aparentava estava estar muito embriagado e debilitado, segundo os populares, o promoter chegou a cair por diversas vezes no chão, aparentando estar muito fraco. Eles teriam oferecido ajuda e iriam chamar o Samu, porem ele se recusou e seguiu cambaleando.  

Da Redação do Popular.net

Publicidade