BURACO ENGOLE QUATRO PESSOAS EM ESCOLA DE VIGILANTES NO SUL DE MINAS - O Popular.net



O rompimento de uma rede de esgoto teria sido responsável pelo surgimento de um enorme buraco com aproximadamente 5 metros de diâmetro, no interior de uma escola que promove cursos para vigilantes na Av. Plínio Salgado, cidade de Varginha-MG.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o incidente teria acontecido por volta das 13:30hs, quando subitamente o chão desmoronou dentro da 'Escola Mineira de Segurança', criando um buraco que engoliu cerca de 4 pessoas no interior do imóvel, além disso, o buraco acabou deixando 55 pessoas isoladas em uma das salas de aula. 

Buraco engoliu 4 pessoas dentro de escola de vigilantes / Fotos: CBMMG
Ainda segundo os Bombeiros, as quatro pessoas que foram tragadas pelo buraco, foram resgatadas por militares que utilizando técnicas de Rapel, sendo necessário a utilização de pranchas para içar as vítimas. Já as outras 55 pessoas que estavam isoladas, precisaram sair por uma janela, que teve as grades removidas pelos militares. Eles foram resgatadas sem ferimentos, através de uma escada.

Bombeiros resgatam vítimas de dentro de buraco / Foto: CBMMG
De acordo com as últimas informações disponibilizas a Imprensa, durante os trabalhos de resgate, os Bombeiros fizeram a evacuação total da edificação, assim como acionaram o Eng. da secretaria de obras de Varginha-MG, a identificação do responsável pela edificação, bem como contato com a Polícia Federal, uma vez que no local foi existem armamentos e este ser o órgão responsável pela fiscalização da atividade ali exercida.

Ainda de acordo coma as últimas informações, os senhores Luiz Roberto (Café) e William, Engenheiros da secretária de obras, tanto o proprietário quanto o locatário já haviam sido notificados sobre o risco de desabamento e por terem feito a ampliação de forma irregular em terreno público.

Segundo os engenheiros, a área da ampliação da edificação deve ser interditada por apresentar sinais de danos estruturais que necessitam de avaliação mais detalhada.

Da Redação do Popular.net


Publicidade


BURACO ENGOLE QUATRO PESSOAS EM ESCOLA DE VIGILANTES NO SUL DE MINAS




O rompimento de uma rede de esgoto teria sido responsável pelo surgimento de um enorme buraco com aproximadamente 5 metros de diâmetro, no interior de uma escola que promove cursos para vigilantes na Av. Plínio Salgado, cidade de Varginha-MG.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o incidente teria acontecido por volta das 13:30hs, quando subitamente o chão desmoronou dentro da 'Escola Mineira de Segurança', criando um buraco que engoliu cerca de 4 pessoas no interior do imóvel, além disso, o buraco acabou deixando 55 pessoas isoladas em uma das salas de aula. 

Buraco engoliu 4 pessoas dentro de escola de vigilantes / Fotos: CBMMG
Ainda segundo os Bombeiros, as quatro pessoas que foram tragadas pelo buraco, foram resgatadas por militares que utilizando técnicas de Rapel, sendo necessário a utilização de pranchas para içar as vítimas. Já as outras 55 pessoas que estavam isoladas, precisaram sair por uma janela, que teve as grades removidas pelos militares. Eles foram resgatadas sem ferimentos, através de uma escada.

Bombeiros resgatam vítimas de dentro de buraco / Foto: CBMMG
De acordo com as últimas informações disponibilizas a Imprensa, durante os trabalhos de resgate, os Bombeiros fizeram a evacuação total da edificação, assim como acionaram o Eng. da secretaria de obras de Varginha-MG, a identificação do responsável pela edificação, bem como contato com a Polícia Federal, uma vez que no local foi existem armamentos e este ser o órgão responsável pela fiscalização da atividade ali exercida.

Ainda de acordo coma as últimas informações, os senhores Luiz Roberto (Café) e William, Engenheiros da secretária de obras, tanto o proprietário quanto o locatário já haviam sido notificados sobre o risco de desabamento e por terem feito a ampliação de forma irregular em terreno público.

Segundo os engenheiros, a área da ampliação da edificação deve ser interditada por apresentar sinais de danos estruturais que necessitam de avaliação mais detalhada.

Da Redação do Popular.net


Publicidade